Esqueça tudo isso!
    volta o raciocínio,
    pense no ser vivo,
    eu, você, seu vizinho,
    até o senhorzinho...
    Recíproco ali sentado,
    com seus livros a gozar,
    das manhas no portão vendo a vida passar,
    a lembrar...
    Dos passos largos que o destino criou...
    De repentino...?
    me deparo com tudo isso!
    Logo eu cidadão comum que viveu e sofreu,
    caiu se ergueu,
    aprendeu e assim cultivou o amor de deus,
    pensamento em tudo algo me ocorreu... 
    Expansão de consciência,
    é sentir o quanto estamos vivos,
    aprendendo com o caminho, sem esquecer do principio,
    sentir essa liberdade de contemplar tudo que é vivo,
    Um sorriso, uma alegria, um amigo,
    junto com a terra a natureza e seu verde infinito,
    és tão bela quanto o céu e seu chuvisco,
    aos olhos humedecidos,
    eu vibro!
    em ver o universo ativo,
    entendendo que o amor esta nas coisas simples,
    e corriqueiras da vida,
    um gesto, a compaixão ao imprevisto,

    um carinho...
    uma palavra fudida de nostálgica, um abraço amigo,
    a a vida...
    Por fim trazendo sua brisa,
    acalmando o dia vivido,
    e nos  presos em nossos raciocínios,
    esquecemos que tudo isso...
    tem um vinculo,
    então que seja reciproco...
    o amor e o livre arbítrio!
    Na decisão de uma formação
    que sejam então sábios de coração"

            “C.P”